18.7.16

De não vir aqui há que séculos e de neuras brutas em pleno mês de Julho

Sabem aqueles dias em que nos sentimos o dono da viola que vai ser guardada no saco?
Pois.
Sabem aqueles dias em que nos sentimos na fila do supermercado que nunca avança?
Pois.
Sabem aqueles dias em que compram bifes para o jantar e tudo fica cheio de gordura e como se não bastasse essa gordura espirrou para o vosso olho?
Pois.
Sabem aqueles dias em que sabem que os vossos gatos têm pulgas e as vossas crianças têm piolhos e vocês se estão nas tintas para os tratamentos?
Pois.
Sabem aqueles dias em que se dão conta que é Julho, que se passaram 20 anos e que os dias intermináveis de verão acabaram naquele dia de inverno em que o teste deu positivo?
Pois.
Sabem aqueles dias em não vos apetece ser mãe (ou pai), em que não vos apetece educar ninguém, nem cuidar de ninguém, nem cortar unhas a ninguém, nem fazer o jantar a ninguém, nem mediar conflitos apocalípticos entre 2 "adolescentes" de 6 e 8 anos?
Pois.
Sabem aqueles dias em que só vos apetece ser cobra, daquelas rastejante e molengas que mudam de pele?
Pois.
Sabem aqueles dias em que se sentem mesmo sozinhas no meio da multidão?
Pois.
Sabem aqueles dias em que acham que tudo não vale nada?
Pois.
Pois, que hoje estou nesses dias.
E ainda vou ter que fazer pela milésima vez uma cama para ver se liquido de uma vez a piolhagem que anda cá por casa!
(Oh pessoas estou na fase kamikase... Vai tudo a eito, vai de remédio de pulgas mesmo! Se mata pulgas dos gatos, mata piolhos das miúdas! Se mata piolhos das miúdas, mata pulgas dos gatos!)
Tou ca neura, gente! E está um calor de ananases!
Amanhã é outro dia!

Ps: e continuo gorda, baixa e atarracada, mamalhuda e preguiçosa para fazer ginástica, e atraio giras que dói... Parece que estão sempre ao pé de mim... E eu para ali atarracada, espirrada de gordura dos bifes, mestra a manejar pentes caça-piolhos à beira dos 40, dos 40fuckingyears e toda a gente com quem me cruzo ainda nem trinta tem, e exibe maminhas pequenas, e eu assim obcecada por mamas pequenas e adoradora de vinho verde o que fará com que as minhas mamas tenham sempre 5kg a mais, e à beira de um ataque de nervos porque não sei o que fiz aos 20 anos que se passaram, nada, não fiz nada, não há nada a salientar, nada, a não ser a esperança de não fazer a mesma bosta de coisa nenhuma e daqui a nada estar a fazer 60 anos e olhar para trás e espetar com a cabeça na frigideira dos bifes de uma vez só!

Ps2: isto hoje está do pior!

12.4.16

Lenga-lenga de uma mãe.

Crianças, dedos peganhosos, dedos peganhosos de cenas inqualificáveis, dedos peganhosos de cenas inqualificáveis e normalmente coloridas, dedos peganhosos de cenas inqualificáveis e normalmente coloridas que deixam nódoas, dedos peganhosos de cenas inqualificáveis e normalmente coloridas que deixam nódoas que nunca mais em tempo algum sairão, narizes ranhosos, narizes ranhosos esfregados, narizes ranhosos esfregados com as costas das mãos, costas das mãos cheias de ranho, costas das mãos cheias de ranho esfregado no sofá, sapatos nunca tirados, sapatos nunca tirados com solas encardidas, sapatos nunca tirados com solas encardidas por pisarem tudo o que se gritou para não pisarem, sapatos nunca tirados com solas encardidas por pisarem tudo o que se gritou para não pisarem e pisaram sabe-se lá o quê, sapatos nunca tirados com solas encardidas por pisarem tudo o que se gritou para não pisarem e pisaram sabe-se lá o quê e conseguiram pisar não com um mas com os dois pés, que agora saltam frenéticos em cima do sofá, mãos encardidas, mãos encardidas e canetas de feltro, mãos encardidas e canetas de feltro sem tampa, mãos encardidas e canetas de feltro sem tampa afinal o que são tampas senhor, o que são tampas, ó senhor? crianças e plasticina, crianças e plasticina oferecida por um qualquer inocente, crianças e plasticina, crianças e plasticina oferecida por um qualquer inocente que sabe lá da missa a metade, crianças e plasticina oferecida por um qualquer inocente que sabe lá da missa a metade ou da poda toda, crianças e plasticina oferecida por um qualquer inocente que sabe lá da missa a metade ou da poda toda e agora a mãe metia aqui um "éfe" e ía dar ao mesmo! várias crianças, várias crianças e um sofá, várias crianças e um sofá e hora do lanche, várias crianças e um sofá e hora do lanche e migalhas, várias crianças e um sofá e hora do lanche e migalhas muitas muitas migalhas, várias crianças e um sofá e hora do lanche e migalhas muitas muitas migalhas de bolachas, migalhas de bolachas e gatos, migalhas de bolachas e gatos que gostam de cheirar migalhas de bolacha, migalhas de bolachas e gatos que gostam de cheirar migalhas de bolacha mas não as comem, migalhas de bolachas e gatos que gostam de cheirar migalhas de bolacha mas não as comem e bem que as podiam comer, migalhas de bolachas e gatos que gostam de cheirar migalhas de bolacha mas não as comem e bem que as podiam comer que era o que se poupava em aspirador, gatos peludos com patas exploradoras, gatos peludos com patas exploradoras, gatos peludos que largam pêlo, gatos peludos que largam pêlo e que também se constipam, gatos peludos que largam pêlo e que também se constipam e que ficam com o nariz ranhoso, gatos peludos que largam pêlo e que também se constipam e que ficam com o nariz ranhoso e que o esfregam, gatos peludos que largam pêlo e que também se constipam e que ficam com o nariz ranhoso e que o esfregam no sofá...
Sofás brancos e uma mãe, sofás brancos e uma mãe que fez a cama onde agora se deita.
Crianças, gatos e sofás brancos.
Cada um faz a sua cama, cada um caminha na direcção da luz ou da lavandaria, neste caso.
Fui.
Boa semana, pessoas!